quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Post 44 - Minha tatuagem.


A decisão por fazer uma tatuagem não foi por impulso como muitas pessoas fazem. É um desejo que veio desde a adolescência. E em meio a muitos acontecimentos se perdia e se encontrava.
Hoje com mais conhecimento e entendimento sobre meus desejos, refletindo cada detalhe, o estúdio, tatuador, os elementos, seus significados e as cores a decisão foi tomada.

Um terço com um pedido: livrai-me de todo mal. Amém.
Escolhi o ombro direito, o mesmo lado em que levei o tiro nas costas. E tive um livramento, mais um milagre em minha vida. Obrigado SENHOR!

A data foi 17 de agosto de 2017, dois dias após meu aniversário. Nesse dia ao sair de casa minha esposa ainda sem acreditar me disse brincando: "você está parecendo um menino que vai dormir fora de casa pela primeira vez...". Imaginei a cena, concordei e rimos muito...

No estúdio Jaguara o ( tatuador), conversou muito comigo. Quase que uma sessão de psicoterapia. Através de toda história ele soube traduzir exatamente qual o significado e o desejo por essa tatuagem. Que como ele mesmo disse é uma cicatriz, mas o terço é uma joia. Enquanto conversava sem que eu percebesse ele escolhia a trilha sonora que tocou durante toda sessão.

No momento da primeira agulhada, ao som de (Jesus Cristo, com Roberto Carlos),  ele me pergunta se realmente é isso que eu queria. Achei muito responsável da parte dele, deixar o cliente a vontade e não fazer pressão. Mas como estava mais que decidido: " Bora lá!".

Não senti aquela dor como muitos dizem, coisa que ele me disse depender do tatuador, do local e constituição da pele. Após o término alegria total, fiquei super feliz. Com vinte dias já estava cicatrizada e linda a minha joia.


 Esta foto foi tirada no estúdio, também esta no Instagram -  jaguara-tatuador. Confiram mais do trabalho dele.





Cervejinha na praia ninguém é de ferro - rsrs


 Churrasco em casa 




Aceita uma lagosta?


# A gente fica por aqui hoje! 19 out.2017

Oxe.: Deixo aqui a música que embalou os momentos em que ganhei a minha joia!



Jesus Cristo - Roberto Carlos



quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Post 43 - Dom das lágrimas

A foto acima revelada e estampada na capa de um jornal com o título LÁGRIMAS, lhe passaria qual impressão? Para a grande maioria as lágrimas revelam dor e sofrimento de um ser. Se for pessoalmente o ato de deixar rolar uma lágrima nos dá o rótulo de infeliz, fraco, chorão, manteiga derretida. Sem contar coisas do tipo "homem não chora", "engole esse choro!", "chorar não vai adiantar..."

As dores físicas se revelam em lágrimas, mas muitas vezes suportamos dores imensas que nunca se revelaram. Certamente faltou um componente fundamental. Portanto muito mais que a dor, o sentimento é o que as lágrimas revelam e poucos sabem traduzir.

Isso explica porque choramos de alegria, alívio, gratidão... Nos emocionamos com atos de amor, vitória, superação. Choramos com a dor e a felicidade do próximo.

Já revelei e revelo muitas coisas de minh'alma. Não me sinto fraco, nem menos homem por isso. 
Desde pequeno sempre me emociono nas missas, e ali de joelhos uma paz imensurável cobre meu ser e conter a emoção é impossível. Com o coração batendo forte e arrepios sinto o corpo leve, sou carregado e envolvido pelos braços do Amor Divino, sinto delicadamente meu rosto sendo acariciado, essa emoção, e paz em comunhão com o Espírito Santo é dom das lágrimas.

Os grandes corações traduzem e sentem as lágrimas reveladas. E a imaginação dá asas aos pensamentos da maioria que apenas retrata e rotula.  Na dúvida dê-me um abraço sincero, e dividirei toda emoção e paz  que minhas  lágrimas representam...

# Em lágrimas com um forte abraço, a gente fica por aqui hoje! 12 out.2017.

Wellington Maia.


oxe.: Nem toda lágrima é dor, nem toda graça é sorriso, nem toda curva da vida tem uma placa de aviso, nem sempre que você perde é de fato um prejuízo.      ( Bráulio Bessa )

Oxe, oxe.: Reconhecer uma lágrima camuflada em um sorriso, comover-se e dedicar-se a interpretar seu significado agindo, é um ato de amor que cura feridas de ambas as almas. ( Wellington Maia ).

Oxe, oxe, oxe.: Emocione-se com essa canção tema do filme O Pequeno Príncipe.


TEMA DO FILME PEQUENO PRINCIPE - LILY ALLEN - SOMEWHERE ONLY WE KNOW - HD